domingo, 2 de junho de 2013

Um cantor indignado.

Recebi esta manhã (02/06/2013) um relato de Daniel Moreno, morador de Sarandi que relata a ação dos policiais militares da cidade nesta sexta-feira (31/05).

ABUSO DE AUTORIDADE DOS POLICIAIS MILITARES DE SARANDI sexta feira passada dia 31 de maio estávamos fazendo um show aqui em sarandi na av maringá em um barzinho de uma amiga nossa, onde sô tinha família, senhores de idade, casal, criança acompanhadas dos pais tava uma festa bem legal, ou seja bem familiar, sô tinha família no local de repente por volta das 23.45 minutos da noite chega duas viatura da policia militar xingando todo mundo no local não respeitarão nem as criança e nem as mulheres que la estavam quem mais xingava o povo, era um policial metido a besta meio baixinho tinha um senhor de cabelo branco, que tava meio bêbado e esse policial mala, xingou esse senhor de filha da puta não respeito nem os cabelo branco dele, os pais das criança foi para na parede com as mãos na cabeça, e sendo chutado nos pês depois de fazer todos passarem vergonha, mando todo mundo embora e mandando a dona do barzinho fecha as porta acando c/ a festa AI EU PERGUNTO, pq eles não vão pegar bandidos e traficante de sarandi esses mala vem acaba c/ a festa de pessoas que trabalha a semana inteira! ai o trabalhador pega sua família, e vai num barzinho se diverti e chega esses policiais mala, e acaba com a festa dos coitado e eles chega apavorando todo mundo que esta no local fazendo homens e mulheres passa vergonha na frente dos filhos. Esses policiais militares de sarandi, a maioria deles são folgados pra caramba tem alguns que se salva. mais são poucos, eles acha porque ta dentro de uma farda marrom e um revolver na cintura são SUPER HOMENS, atenção policiais militares não se esqueça que a maioria do povo sarandiense, são guerreiro trabalhador e não bandidos, afinal o salario de vocês são pagos com os emposto do povo, respeitem mais as pessoas, nem todo mundo ê bandido!! INDI GUINADO E REVOLTADO COM OS MAL POLICIAIS MILITARES DE SARANDI. 
Brincadeira viu!

3 comentários:

Dany Boy disse...

todos nós de sarandi sabemos que tem bons policiais nessa cidade
mais o que mata uma pessoa do bem, ê policiais c/ abuso de autoridade, achando que na noite só tem bandido, gente boa e trabalhador tbm tem na noite, antes de xingar e bater em uma pessoa, olha as mãos e os documento pra ve se não ê gente do bem, pq de repente vc policial, pode tar maltratando um pai de familia, que acorda cedo todo dia pra trabalhar, e paga seus emposto em dia, ABUSO DE AUTORIDADE Ê CRIME

Prof:Edna Klip disse...

Só um esclarecimento 23:45 crianças ainda em bar ,e se isso é verídico Pais expondo seus filhos a situações vexatórios e a riscos .Se estivessem em casa com certeza não ficariam expostos .Pais podem e devem se divertir , mas crianças devemos cuidar por que hoje estavam acompanhados dos pais amanha irão sozinhos Pense Nisso , estão
Errados em permitir que seus filhos estejam em bares a essa hora .


Quando as postura dos Policias penso devem ser pedido providencias .

Edna

Conselho Tutelar

Dany Boy disse...

Prof:Edna
sobre o fato das crianças estarem no local nesse horário eu atê concordo,
mais se os pais trabalha a semana inteira, e tira uma noite de sexta ou sábado pra se diverti, eles tem mais ê que leva seus filhos junto, melhor leva seus filhos do que deixarem sozinho em casa, a senhora fala assim pq deve ser do conselho tutelar, eu jamais sairia de casa de noite ou de dia e deixaria meu filho sozinho em casa ou c/ outros, agora sobre os policiais tem que ser tomada as providencia sim, nem todo mundo ê bandido, meu filho tem 23 anos e trabalha feito um condenado, tem as mãos toda machucada e anda todo sujo devido ao trabalho dele, algum tempinho atras uns policial militar de sarandi, pegou o meu filho e bateu nele no Jd Ouro Verde por volta das 20 horas indo pra casa, policial não pode ver um negro a noite andando sozinho ou acompanhados dos amigos, que já para pensando que ê Bandido e ja começa a bater e chuta, claro em sarandi tem bons policiais, mais ê memoria...

Postar um comentário